Páginas

Vida sem refrigerante


Nunca fui muito de fazer essas metas para o ano novo, mas nesse ano comecei diferente. Resolvi traçar algumas metas e vamos ver como vai ser. Uma delas e a única que coloquei em prática até agora foi a de tirar o refrigerante da minha vida. Eu tomava refrigerante quase todos os dias e só de ouvir o barulhinho da lata de coca cola abrindo a boca já enchia d'água. Em festas ou quando saíamos era fácil beber mais de 4 latinhas, sabia que aquilo não era legal e esse ano resolvi mudar, comecei no dia dois de janeiro e desde de então não coloco nem uma gota de refri na boca. Já fui à festas de aniversário, viajei e passei somente a água quando o lugar não oferecia opção ao refrigerante.

Fácil não é, tem dias que a vontade bate e eu penso em comprar. Como não quero colocar quase dois meses de esforço fora resisto e tento pensar em outra coisa. Voltar ao trabalho tem sido difícil porque nada é mais tentador do que cantina de escola. Um fator complicador para manter firme o projeto #vidasemrefrigerante é que eu não bebo suco de caixinha ou em lata e muitos restaurantes não fazem suco natural. Em casa eu sempre tenho suco de uva integral, suco do Bem (o único de caixa que consigo e acho que vale a pena beber) e maracujá e limão que pra mim são as frutas mais fáceis de fazer um suquinho rápido. 

O projeto tem pouco tempo e pode ser que eu caia em tentação ao longo do ano e tome uma ou outra latinha, mas a minha dependência em relação a ele já mudou. Vi que sou capaz de ficar sem e não sentir falta na maior parte do tempo. Os efeitos positivos já começaram a aparecer, marido entrou no projeto comigo e estamos os dois sem beber refrigerante e eu emagreci 2 quilos desde que parei de bebê-lo. Como não faço dieta (amamentar dá uma fome de louco!) só posso ter emagrecido por causa do projeto.


 Na viagem para a Argentina eu tomei uma overdose de suco de laranja.
 Almoço na casa da maninha ela lembrou do projeto e providenciou uma caixinha de suco do Bem pra mim.

 Recebi visitas e só tinha um maracujá e algumas rodelas de abacaxi em casa. Bati tudo no liquidificador com água e gelo e saiu um suco delícia.

 
Comemorando com limonada suíça.


O vídeo abaixo é uma campanha da prefeitura de Nova Iorque pra tentar reduzir o consumo da bebida. Achei o vídeo bem bacana.

9 comentários on "Vida sem refrigerante"

AGUEDA PRADA on 20 de fevereiro de 2014 09:19 disse...

Aii que legal
eu em 01/01/13 falei q não ia mais tomar refri
queria engravidar então já ia cortar
ainda tomei algumas vezes
mais depois que engravidei parei totalmente
já estou super acostumada
e agora meu marido parou também
pq pretendemos não dar refri para a Laura
então temos q ser exemplo
bjãoo e parabéns pela iniciativa

Jéssica on 20 de fevereiro de 2014 09:34 disse...

Ola parar de tomar no primeiro um ano é lutar contra a tentação mais com o passaram do tempo se vc cair nela veras q ñ é mais prazeroso como antes ...
O fato de vc ter perdido esses kgs foi q desinchou , coca tem esse poder de inchar .
Hj estou q mais de 4 anos sem beber e ñ sinto falta ...
Aaaa que vantagem gostar de suco , aqui nem suco gosto , só água msm , isso água com pizza , almoço jantar,to virada em água rsrsrsrs e leite materno kkkkkk
Força bjo

Gabriella Andrade on 20 de fevereiro de 2014 14:22 disse...

A melhor coisa que fazemos é parar de beber refrigerante....
Comecei pro conta própria a mudar minha alimentação, depois fui em uma nutricisonista, mas não sigo a risca o progrma de alimentação que ela me passou.
mas consegui emagrecer 5 kg e estou tentando manter uma rotina de exerci´cios, mas tem dias que não consigo passar na academia...
Mudar hábitos não é nada fácil, mas com certeza me sinto bem melhor agora e o refrigerante tb não me faz falta. Mas te confesso que tem dia que me dá vontade de beber... eu até bebo, mas não exagero. Esse vício não quero nunca mais.

FOCO, FORÇA e FÉ... é tudo que precisamos!
Boa sorte no projeto! A gente se ajuda...

Beijos,
A Mãe da Estela
http://amaedaestela.blogspot.com.br

Biessa on 20 de fevereiro de 2014 15:58 disse...

Vale mto a pena pela saude!
Parabéns!
"Parei" no inicio de 2012. Acho que desde então tomei uma meia duzia de vezes qdo me deu vontade. Não acho que isso vai me fazer mal... Mas suco de caixinha é tão ruim qt refri, faz bem em não beber. Eu agora to evitando mto qq bebida industrializada.

Grazinana on 21 de fevereiro de 2014 15:11 disse...

Super apoiada nessa luta!

Bjs

Laiz Malafaia on 21 de fevereiro de 2014 21:08 disse...

Sofro do mesmo mal que voce! Adoro refri, principalmente a negrinha gelada!
E tbm odeio sucos de caixinha e etc... Isso dificulta demais na substituicao.
Nao sei se conseguiria entrar num projeto desse, Mas acho importante evitar o consumo, quando ha outras opcoes!
Desde que engravidei to tentando cortar um pouco o refri, tomo só qndo a comida pede , sabe? Fora isso, tento substituir por suco natural mesmo ou o chá gelado.

Laiz Malafaia on 21 de fevereiro de 2014 21:10 disse...

Aahh... Tb me preocupo como vai ser na epoca da amamentacao, ja que refrigerante faz super mal pro bebe e causa das temidas cólicas... Ja to tentando me adaptar a essa nova realidade!

Mayra on 24 de fevereiro de 2014 20:12 disse...

Parabéns viu!! É exatamente como no vídeo, refri não tem nada de bom, só vai te fazer mais bem parar de tomar! Eu quando to com vontade, bebo uns goles, mas não chega nem a um copo cheio. Sobre os sucos, gosto muito de comprar o de uva engarrafado, são gostosos e sem açúcar. Bjos

Flicka on 12 de março de 2014 16:57 disse...

Ta arrasando!!! É isso ai amiga! Firme e forte!!! Acho que desde que cheguei no Canada nao tomo.... Melhor coisa!!!

Postar um comentário

 

"Por onde for quero ser seu par" 2011 | Desenvolvido por Craftices