Páginas

Amsterdã


Na nossa viagem pra Paris o vôo era meio louco e já que era uma combinação de vôos da Air France com a KLM. Pra aproveitar essa escala em Amsterdã não pensamos duas vezes e resolvemos esticar três dias a mais na nossa mini férias pra conhecer a cidade. Fomos de trem de Paris pra Amsterdã e como bons geógrafos que somos ficamos acordados a viagem inteira pra pelo menos ver a paisagem da Bélgica. Mentira, entramos no trem e apagamos. Eu dormi antes do Mendel e me ferrei com esse lindo registro de tô morta.


Amsterdã se mostrou uma grata surpresa e foi praticamente as férias das férias. Nós passamos 7 dias em Paris e Paris te deixa a sensação de não poder perder tempo de tenho que ver e isso apesar de ser muito gostoso cansa pra caramba. A programação que fizemos em Amsterdã foi muito mias etílica e gastronômica do que digamos cultural, se bem que pra mim comida e bebida é super cultural  #vaigordinha! De obrigatório na cidade nós só fomos na Casa de Anne Frank, não fomos no Museu Vang Gogh estava fechado e deve reabrir em abril desse ano.

Peguei várias dicas nesse blog, ele é ótimo porque dá muitas dicas que fogem do circuito turistão como restaurantes, bares e feiras. Seguimos muitas de suas dicas e ficamos satisfeitos em todas. Mendel se esbaldou em cervejas artesanais de um pub frequentados por locais e na fábrica da Heineken. Como eu não bebo cervejas tomou as que ele tinha direito e as que eu tinha direito.

 A sensação térmica em Amsterdã era de muito mais frio do que em Paris, os casacos que usava na cidade luz não deram conta e no dia seguinte comprei um casaco tipo boneco de marshmellow bem baratinho impermeável que me fez sentir quentinha.


 
Eu com meu casaco marshmellow e as batatas fritas com muita maionese que vendem em tudo quanto lugar e são típicas da cidade. Que maionese é essa? Maravilhosa!!!


Mendel se fazendo no pub de cervejas orgânicas. Aqui não aceitavam nossos cartões então eu fiquei no bar e o Mendel foi tirar dinheiro. Me senti estranha já que era única negra do lugar e apesar de ser muito bem tratada as pessoas me olhavam como se fosse de outro planeta. Deve ser assim que eles se sentem por essas bandas.

 Torta de maça maravilhosa, pegamos a dica no Ducs e fomos tomar café da manhã no domingo. O lugar fica cheio e em frente a cafeteria tem uma feira livre muito legal. Queria comer tudo.


 Moeders, esse restaurante foi mais uma dica pega no Ducs, é um restaurante típico holandês, frequentado por holandeses com comida com gosto de casa e bem servido. Tentamos ir na primeira noite na cidade, mas estava lotado, reservamos pro dia seguinte. Então faça reserva. Nós amamos!

 Comendo traqueira pela rua. Waffer com nutella. Isso é vida e luz!


Tentando andar de bicicleta, mas a minha soltou a corrente e fiquei igual ao carteiro Jaiminho do Chaves empurrando a minha na chuva.

2 comentários on "Amsterdã"

Biessa on 26 de fevereiro de 2013 12:08 disse...

Danee,
comida e bebida tb é mto cultural pra mim! Sempre guardo uma grana pra comer bem. Viver de lanchinho não dá pra mim. rs

Adorei a referência ao Jaiminho rsrs I <3 Chaves

Beijos pra vc e sementinha que agora já deve estar enooooooooorme

Ju on 26 de fevereiro de 2013 12:09 disse...

Sou suspeita... amo amsterdam! Eu achava que vcs só iam para França, se soubesse que vcs iam para Amsterdam teria dado várias dicas off bacanas! Essa cervejaria que o Mendel foi é maravilhosa! Fomos também em uma outra cervejaria que vende cervejas do mundo inteiro que também é ótima, cervejas que aqui a gente compra por 40 reais uma garrafinha, lá a gente tomava o chopp por 3 euros!
Tinha também um guide tour que dura uma manhã gratuito que é bem bacana! Nós fomos também numa feira local, compramos vários quitutes e fizemos um piquenique em um parque!
As pessoas tem um certo pré-conceito com amsterdam por conta do uso liberado de drogas, mas eu confesso que amo a vibe do lugar, da ideia de andar de bicicleta para cima e para baixo!
Ah, tinha também o croquete self-service que é uma delícia!! hehehe
Essa batata que vc comeu, é mt boa, né? o que mais me impressiona é que mesmo as batatas lá do fundo, cheia de maionese estão crocantes e não molengas como eu imaginaria que ficasse hehehe
ah, eu também aproveitava os translados para dormir o máximo! rs
beijocas ju

Postar um comentário

 

"Por onde for quero ser seu par" 2011 | Desenvolvido por Craftices