Páginas

Respeito, ou seria a falta dele?


Olá pessoal,

Hoje indo para o trabalho tinha um início de engarrafamento em frente ao Fluminense. Normal, tinham várias pessoas já na fila tentando comprar ingressos para o jogo onde o Fluminense pode ser campeão. Não sou nem um pouco fã desse time, mas respeito quem torce para outros times que não o meu. Por que estou falando tudo isso? Porque dentro do ônibus algumas pessoas começaram a reclamar do engarrafamento e falando mal dos torcedores que estavam na fila. Pensei comigo, deixem eles na fila que comprem os seus ingressos e que o time deles seja campeão (na verdade eu queria que o Cruzeiro ganhasse, mas o título já está nas mãos do Fluminense), se fosse o meu time e se eu pudesse eu estaria na fila e isso não faz de mim vagabunda ou desocupada.

Queria saber por que as pessoas não respeitam as outras. Não estou falando de amor, entendimento ou aceitação, mas sim de respeitar. O fato de eu concordar ou não com as opções e atitudes das pessoas não me dá o direito de desrespeitá-las. Seguindo essa linha de pensamento a gente passa a entender as atrocidades do mundo. Tudo é causado pela falta de respeito. Não se respeita o pobre, o favelado, o negro, o gay, a mulher e infelizmente o desrespeito não atinge somente as minorias. Vamos ao caso dos moradores do Complexo do alemão, sempre foram desrespeitados, seja pelo poder paralelo ou pelo poder do Estado e este quando diz publicamente que está ocupando e devolvendo a cidadania aqueles moradores a gente começa a ouvir atos violentos cometidos por aqueles que deveriam respeitar e proteger.

Por isso chego a conclusão que o que falta é respeito, não o respeito imposto pela força, violência ou coação, mas sim falta nos respeitarmos enquanto seres humanos que somos e de fato nos aproximarmos mais da humanização. Estou farta da barbárie!

Beijocas

8 comentários on "Respeito, ou seria a falta dele?"

Cynthia Barreto on 2 de dezembro de 2010 07:39 disse...

O que acontece é que este é o tipo de valor que os pais deveriam passar a seus filhos em casa e isso não está acontecendo, então as pessoas crescem sem ter limites...

Beijos!

Liliane on 2 de dezembro de 2010 09:28 disse...

Respeito se aprende em casa, e hoje vemos cada vez mais crianças crescendo sem limites, e amanhã serão jovens sem respeito, sem educação com os outros.
Bjs

Rach on 2 de dezembro de 2010 10:08 disse...

É, querida, infelizmente falta de respeito e educação é um dos grandes males que nossa população sofre!

Também acho um absurdo!!

Beijos

Ju on 2 de dezembro de 2010 11:54 disse...

Realmente falta respeito na nossa sociedade, infelizmente. Acho também que na verdade, parte das coisas... isso no seu caso especifico é pq as pessoas adoram reclamar, colocar a culpa em alguém.

beijinhos, ju

Maitê on 2 de dezembro de 2010 19:52 disse...

Lindinha,

Super obrigada pelo recadinho de parabéns !

Beijinhos enormes !!! !!!!!!!!!

Liliane on 2 de dezembro de 2010 19:56 disse...

Querida, custa 70,00 e no final do curso vc pode pegar 35,00 em produtos.
Bjs
P.S. Vamos fazer o festa e noite?
Olhos tem que saber preparar a pele, porque não fazem olhos.

Bjs

Mendel Cesar on 2 de dezembro de 2010 20:05 disse...

É preciso recuperar com urgência a ideia de cidadania, de forma plena, para TODOS! Estar junto de quem defende todas essas coisas torna as lutas do cotidiano muito mais leves!

Te amo esposa!

Juju e Beto on 3 de dezembro de 2010 11:48 disse...

Intolerância, sempre ela...

=(

Postar um comentário

 

"Por onde for quero ser seu par" 2011 | Desenvolvido por Craftices