Páginas

A beleza da simplicidade


Em tempos de festas infantis megalomaníacas, a beleza está na simplicidade. Já fui a muitas festas infantis em casas de festas que seguem o estilo música alta, decoração de temas comerciais (que muitas vezes já viveu dias melhores), muitas lembrancinhas e comidas que em sua maioria não condiz com a alimentação de uma criança (diga-se de passagem, eu amo essas frituras), onde está a festa para a criança? Essas casas de festas são práticas e isso não se discute, mas pra mim falta a essência.

Morena já foi convidada para duas festinhas de um ano, uma no estilo casa de festas e a outra artesanal, montada no estilo mutirão. As duas estavam lindas, com comida farta e diversão. Morena e nós nos divertimos muito na segunda com atração voltada aos bebês sem música alta, brinquedo piscante e etc.

As comidinhas também foram voltadas para os pequenos, tinha papinha caseira de frutas, salada de frutas, milho cozido, frutas e sanduichinhos. Eu comi um monte e confesso não ter sentido falta das frituras que tanto amo. Saí da festa tão feliz de ter vivenciado algo relativamente simples e tão gostoso.

Por aqui já andamos pensando no aniversário de um ano da bolinha, ao mesmo tempo que quero muito fugir do esquema pacotão casa de festas, não sei como fazer Aqui em casa não conseguimos fazer festa para poucas pessoas, simplesmente não dá. Não temos um play bacana que comporte no mínimo 100 pessoas, sem falar no tempo de organizar tudo no estilo artesanal.

Ainda não decidimos nada do aniversário de um ano da Morena, só tenho a certeza que mega produção é importante pra gente, pra eles basta um tapetão no chão, brinquedinhos simples e uma música gostosinha. Independente de onde e como seja, tentarei ao máximo me despir das regrinhas do tem que ter e fazer algo gostoso pra ela.

 Prestando atenção na música


 Bebês encantados com a música. Morena é essa de vestidinho de passarinhos

3 comentários on "A beleza da simplicidade "

Mayra on 16 de dezembro de 2013 15:03 disse...

Concordo, a festa acaba sendo para o adulto. E hoje tudo leva a isso, o tal mêsversário que não sei da onde vem, é exatamente do tamanho das minhas festas na infância! Bom se vc usar o seu espaço e tiver como, monta uma área para as crianças, tipo essa da foto, achei super legal, deve valer a pena mesmo. Bjos

Máyra on 16 de dezembro de 2013 15:35 disse...

Eu axo lindo esse estilo de festa menor, mais intimista!Biel estava na festa tb né! rs
mayra almeida

Jackie e Rômulo on 16 de dezembro de 2013 22:45 disse...

Se a criança não curte essas festas com música infantil alta, pisca pisca MAGINA adultos sem criança rs #sousincera rs eu fujo de festas nesse estilo deusolivre rs mas...fui numa festa infantil que AMEI! teve salada de fruta,s sanduiches, um grupo tocando violao assim mansinho, baixinho, com tapetes pros bebes, td uma delicia. pude conversar em paz com os amigos, as crianças se divertiram horrores! foi numa casa em santa teresa, com arvores, tudo na somba, uma graça. amei mt. ali decidi como vai ser a dos meus filhos, pq antes disso eu tinha decidido nem fazer rs se vc quiser pego as indicações com a minha amiga, pois era td com cara de caseirto, mas era um bufe, eu acho. bjs!

Postar um comentário

 

"Por onde for quero ser seu par" 2011 | Desenvolvido por Craftices