Páginas

"Ando tão a flor da pele"


Uma coisa é bem verdade quando as pessoas a sua volta ficam sabendo que você está grávida, todo mundo tem um palpite, opinião, ou pior ainda, querem impor o modo como tiveram seu filho. Eu sei que a maior parte das pessoas não fazem por mal, mas chega um hora que dá no saco e não tem paciência que dê conta de tanta intromissão.

Tem alguns comentários que se analisados racionalmente não tem nada de ofensivo, mas vai fazer essa grávida cheia de hormônios entender. Fico chateada e acabo me afastando da pessoa. Me afasto porque sei que minha paciência é mínima e pra não ser grosseira com ninguém acabo ficando bem na minha.

Até comentei com a minha médica sobre isso e ela disse que a tendência é ficar pior e pra eu tentar fazer ouvido de mercador. Que quando o baby nascer todo mundo vai dar pitaco e querer se meter, principalmente as avós. Eu já avisei pra minha mãe que ela é muito bem vinda na minha casa quando o nosso baby nascer, mas se ela sonhar em abrir a boca pra dizer " não é assim que se faz, tá errado" ela vai ouvir poucas e boas. O mesmo recado será dado para os sogros, assim ninguém pode me chamar de grossa depois.

Longe de mim querer que todo mundo concorde com as coisas que penso relacionadas a parto/maternidade, mas se você não concorda e não tem nada de bacana pra dizer faça o favor de guardar sua opinião pra si. Fará uma grávida muito mais feliz.

13 comentários on ""Ando tão a flor da pele""

Natália on 16 de janeiro de 2013 14:08 disse...

aimeudeus vc vai me fazer morrer de culpa por ter falado do esmalte (q eu nem sei se é mito) e do quartinho (q era só uma sugestão, i promise). buáááá.

Biessa on 16 de janeiro de 2013 16:44 disse...

Não quero nem ver quando chegar a minha hora... rs
Se com o casorio todo mundo ja queria se meter imagina com a criança.
Vou sair tacando bombas imaginárias em forma de xingamento nas pessoas... hahaha

Helen on 16 de janeiro de 2013 16:46 disse...

Juro que fico com pena das amigas grávidas (e recém-mães), pois vcs escutam tanto, mais tanto pitacos/sugestões/conselhos não-requisitados... Acho que isso me levaria a loucura! (ou a extrema grosseria...) Eu sei que algumas pessoas conseguem ser zens e abstrair os pitacos, mas eu não conseguiria não...(não tenho essa "maturidade" de espírito...em geral, acabo devolvendo um comentário sarcástico...)

Parabéns a vc por ter verbalizado isso de forma racional para seus pais (e, eventualmente, seus sogros). Acho importante saber colocar o pé no chão e designar limites (claro que de uma forma educada, racional e respeitosa...rodar a baiana não ajuda ninguém).

Beijinhos! (ah, e se, por acaso, eu tiver dado algum pitaco não-requisitado, já fica o pedido de desculpas :)

Maitê on 16 de janeiro de 2013 20:36 disse...

É Danne ... vai se preparando ... Depois que a Giulia nasceu, eu usei o blog para desabafar um pouco sobre estas intromissões e como isto era insuportável. Recebi inúmeras críticas e vários comentários anônimos de que eu era grossa, que as pessoas só queriam ajudar, que eu não valia nada ....
Acabei bloqueando comentários sem identificação e parei de falar sobre este tipo de coisa.

É realmente chato demais. E por mais que vc reclame que não quer este tipo de coisa, ela vai acontecer. SEMPRE alguém vai dar pitaco.

Boa sorte (rs......)

Beijinhos !!!!!

Waleska on 16 de janeiro de 2013 21:16 disse...

Ui!
Gravida estressada! :P

Ju on 17 de janeiro de 2013 11:08 disse...

O meu post sobre isso ia entrar HOJE! hehehe mas para não perder a linha de pensamento coloquei o post sobre a consulta com a dra. rss agora só vai entrar semana que vem! rs

Apóio cada linha escrita! Se não tem o que falar é melhor ficar calado (A).

Tem algumas coisas que as pessoas falam repetidamente para mim e que me irritam mt. Essa semana vieram me dar conselhos para o inchaço: ah, vc deve beber pouca água... bem essa pessoa não me conhece. Pq só de manhã eu tomo dois litros! enfim, de repente numa outra época eu poderia ignorar, mas to ignorando não.

O bom das consultas e que a dra tira todas as nossas noias, né? obstetra/psicologa rs

beijocas ju

Silvia on 17 de janeiro de 2013 15:58 disse...

Acho que conversar não faz mal nenhum e é claro que algumas dicas e palpites de pessoas que tem mais experiência - como as nossas mães - são sempre bem vindo desde que venham apenas como uma sugestão de alguém que já passou por isso. Existe um limite entre a preocupação, o querer entender/ trocar opiniões e o querer impor a opinião! Mas cada mulher é uma e cada gestação é diferente! Algumas decisões cabem a você, ao Mendel, sua ob e seu pediatra! Ponto! Bebês não vem com manual de instrução!

Mas olha, tenta relaxar pq como já disseram a tendência, pelo visto, é piorar! E não é legal para pessoa nenhuma grávida ou não, ficar estressada!

Se cuida!

Beijos!

Jackie e Rômulo on 17 de janeiro de 2013 19:24 disse...

nossa, sabe o que me irrita demais (e eu ainda nem to gravida)? é que normalmente vem de uma infeliz, uma nao realiada q poe a culpa de td no filho. "vai aproveitando que dps que o bebe nascer...." (e nao completa)! nossa, se eu tivesse uma bazuca matava! hahahah (estressada, eu, magina1). Da vontade de dizer, minha filha se sua vida é uma merda a culpa nao é do bebe, viu, nao venha querer dizer q td matrnidade é ruim pq a sua foi. ai que absurdo!
bjs

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Babi on 18 de janeiro de 2013 21:34 disse...

Eu li isso e entendo vc pq eu tenho pessoas que me enervam ao cubo tb me dizendo como fazer. Olha, eu te alei que nao dormia, pra vc aproveitar e etc.... To me sentindo culpada!!!!kkkkkkkkkkk me perdoa? Se um dia fizer isso com vc juro q vai ser na intenção de ajuda...mas vou me controlar, eu juro!!! Assim como a Ju na maternidade me deu a dia do Banco de Leite do IFF q nem sabia. Foi uma mao na roda a ajuda dela.
Eu torço paraque a sua gravidez seja muito tranquila, com mttttttt descanso, cumplicidade, amor e que cada momento e/ou detalhe seja guardado para eternidade. bJks

Babi on 18 de janeiro de 2013 21:36 disse...

Eu li isso e entendo vc pq eu tenho pessoas que me enervam ao cubo tb me dizendo como fazer. Olha, eu te alei que nao dormia, pra vc aproveitar e etc.... To me sentindo culpada!!!!kkkkkkkkkkk me perdoa? Se um dia fizer isso com vc juro q vai ser na intenção de ajuda...mas vou me controlar, eu juro!!! Assim como a Ju na maternidade me deu a dia do Banco de Leite do IFF q nem sabia. Foi uma mao na roda a ajuda dela.
Eu torço paraque a sua gravidez seja muito tranquila, com mttttttt descanso, cumplicidade, amor e que cada momento e/ou detalhe seja guardado para eternidade. bJks

Mayra on 22 de janeiro de 2013 13:00 disse...

As pessoas falam demais sobre tudo e em gravidez falam ainda mais, fez muitíssimo bem de já deixar seus pais e sogros avisados, mas olha qqer pessoas que te conheça bem vai ter que saber a hora de se calar; e tome isso como um elogio tá? vc é muito verdadeira em tudo que fala então a pessoa tem que ser uma cega pra falar o que não deve pra vc. E olha eu ando tão intolerante tbm, que Thiago tá falando que eu estou revoltada, mas independente da sua gravidez com a idade chegando acho que agente não tá tão disposto a ouvir certas coisas néh! Bjos

Gizelia on 28 de janeiro de 2013 11:41 disse...

Danee acompanho o seu blog há bastante tempo... desde os preparativos para o meu casorio também.
Casei no dia 16/12/11.
Aqui peguei dicas de pratos, viagens e me deliciei com suas histórias... Ainda tenho muito medo da pia descolar e nuuunnnnca deixo ela cheia de louça. Lembro sempre de você. Rsrsr
Nao tenho muito saco para o blog... tentei ter um sobre educaçao que abandonei... depois outro sobre casamento mas nao foi a frente... tenho mesmo é pavor da inveja e nao teria coragem de abrir minha vida assim...
Entretanto gosto tanto de ler voces... de saber as novidades, as viagens, as mudanças e curto mesmo trazendo liçoes importantes para a minha vidinha de recem casada.
Hoje ao ver o blog... tinha tepo que eu nao lia... descobri q vc esta gravidissima!! Estou tãooo feliz!!
Eu tambem estou... to com 19 semanas e mais uma vez sinto que vou poder torcar figurinhas, angustias e passagens de vida com alguem que anonimamente gosto tanto.
è muito dificil mesmo... as intromissoes, as vidas que se constituiram de forma diferente e que hoje olham a gente com criticas.
As pessoas nao estao interessadas em nos conhecer para ter uma minima ideia de quem somos ou como agiremos...
Elas falam, falam, falam... nao tem muito cuidado conosco que estamos de fato gravidas...
É como se grávida fosse dominio público... todo mundo sabe tudo, menos a gente.
Eu cortei todo mundo!
Me sinto muito sozinha... gostaria que alguma pessoas estivessem mais proximas (desde que menos entronas) mas nao vejo isso muito possivel.
Tenho apoio da minha mae e assim como vc ja avisei que ela tera toda a entrada mas que se visse alguma coisa que ela nao concorde que tente falar com tato e jeito. Afinal a mae sou eu...
São batalhas, Danee... nossa constituição como mãe passa pela nao experiencia... tem coisas que realmente precisamos aprender... outras que se modificaram com o tempo e hoje sao diferentes.
Nao me estresso muito pq mantenho todo mundo meio longe e o marido é super parceiro nesse ponto.
Qd estou perto escuto, rio, acho graça das pessoas rememorarem a forma como elas se constituiram como mães e como se defendem... sao fadas... Rsrsrs
Nao sei se vou ser diferente no futuro... kkkkkkkk
Escute, ria, corte, entenda esse processo de rememoraçao das pessoas mas nunca, nunca deixe de sentir a felicidade que é trazer um serzinho na barriga... Essa ligaçao é SÒ sua com ele.
Ningúem vai te tirar isso... mesmo com muitos conselhos...
Um beijo mega grande!!
Depois te mando uma materia que achei numa revista fofa...
gizeliamonteiro@gmail.com

Postar um comentário

 

"Por onde for quero ser seu par" 2011 | Desenvolvido por Craftices